Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Como estrelas na Terra

Não tens mesmo desculpa pois se até a escuridão da noite se serve das estrelas; Nunca está tudo perdido, nunca nada é tão negro: a luz de uma estrela será sempre uma luz de esperança!

Não tens mesmo desculpa pois se até a escuridão da noite se serve das estrelas; Nunca está tudo perdido, nunca nada é tão negro: a luz de uma estrela será sempre uma luz de esperança!

Como estrelas na Terra

26
Fev18

ALL ABOARD - SEGUNDA SEMI FINAL FESTIVAL CANÇÃO


Maria Oliveira

ALL OVER AGAIN,

e num AMOR VELOZ

foi mais um domingo

a soltar a voz;

E com BANDEIRA AZUL

uniu se o norte o sul !

ANDA DAÍ Portugal

rumo a mais uma final ,

Pois ZARASTRUTA falou

e Dora Fidalgo cantou

não foi ela a MENSAGEIRA

mas até cantou à maneira;

Foi mais um belo SUNSET

em que só restaram sete

a ver o VOO DAS CEGONHAS

em melodias mais tristonhas

no JARDIM , PRA LÁ DO RIO.

Mas o que nos deu um calafrio

foi só quando SOBRE NÓS

O Diogo soltou a voz

com a bela CANÇÃO DO FIM

e senti que era para mim!

Sim, olhamos mesmo para tudo,

de coração cego e mudo

e não vemos quase nada

só mesmo a nossa estrada!

Foram todas belas canções

em mais uma noite de emoções

e agora só PATATI PATATÁ

O vencedor quem será ?

3 comentários

Comentar post