Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Como estrelas na Terra

Como estrelas na Terra

21
Jan20

Leituras 2020- Livro 3 - Menna Van Praag - Homens, Dinheiro e Chocolate


Maria Oliveira

    Com certeza deve acontecer a todos, fases da vida em que nos sentimos meio perdidos, meio desorientados, com o mundo parecendo desabar com tantas preocupações e problemas, ... ; Quando tropeço nestas fases, o Universo atira-me com os livros certos para me tirar o mais rápido possível do marasmo emocional e depressivo para onde a vida às vezes me quer arrastar... 

 O terceiro livro que ia pegar este ano era o "Homo Sapiens", do Yuval Harari, como falei no post anterior e já o comecei a ler.... mas o ano 2020 não está a começar da melhor maneira e precisava de algum "abanão " interior para seguir em frente e não ceder aos problemas; e prontos; trouxe vários livros da biblioteca e o meu querido Universo impigiu-me mais um livro que trouxe sem muita expectativa até porque o titulo não me cativava por aí além : Homens , Dinheiro, Chocolate.???!! ; 

Encostei o "Yuval" e peguei neste livro de Menna Van Praag ( inglesa, escritora freelance, jornalista e louca por chocolate. Actualmente reside no Reino Unido com o seu marido, Artur (português);  No inicio pareceu me mais um livro daqueles que nos impigem as teorias da lei da atração e new age através da história que segundo a autora é um pouco autobiográfica; mas continuei lendo , até porque me revia em muitas das situações da personagem sobretudo na parte de quase desistir dos sonhos e metas, de nos acomodarmos , do medo se sair da zona de conforto, da falta de coragem, de confiança e de amor próprio; e prontos, acabei por gostar e fez-me muito bem ; tornei a erguer  a cabeça e a olhar os problemas e desafios de frente; é um livro pequeno, meigo, leve e inspirador; penso que poderá ajudar outras pessoas , sobretudo a aprender a escutar a voz do coração e  a não desistirem .... ; 

Deixo um breve resumo: Maya desistiu dos seus sonhos após a doença e morte da mãe e teve que assumir o encargo do café da sua mãe, fazendo bolos  e gerindo o dia a dia da melhor forma, ao mesmo tempo que desejava uma vida perfeita, plena de amor, sucesso e prazer. No entanto a sua vida caminhava para um vazio e solidão tremendas, que ela tentava não ver, comendo bolos e chocolate; o que ela desejava realmente era escrever um livro, emagrecer e encontrar o amor; e percebeu através da ajuda de pessoas que se cruzaram na vida dela, que para conquistar a vida perfeita , eram necessárias três coisas importantes: compaixão, coragem e união; 

 Gostei particularmente de uma entrevista dela, de onde deixo este excerto:  "Quando tinha 21 anos de idade, prometi a mim mesma que escreveria até aos 30 anos e, então, se nessa altura eu ainda não tivesse um livro publicado, iria desistir. Mas quando estava a fazer quase 30 anos, eu não queria desistir, mesmo que ainda não tivesse publicado nada. Então sentei-me na sala durante duas semanas e escrevi “Homens, Dinheiro e Chocolate”. Mostrei a minha mãe (a treinadora da minha vida, Vicky van Praag) ela amou-o e disse que eu deveria publicá-lo por mim própria. Segui o seu conselho e acabei por publicar o meu livro. Levei-o para livrarias à volta de Londres, fiz panquecas de chocolate e supliquei aos donos das lojas para que vendessem o meu livro. Sem esperar já tinha vendido quase mil cópias e então decidi levá-lo para um editora. Ficaram surpreendidos por eu ter conseguido vender tantas cópias e decidiram dar-me uma chance. Agora está traduzido em 26 línguas! Moral da história: nunca, nunca, nunca desista!""

Minha avaliação:

Maria Oliveira